26 abril, 2006

Tornedos Empanados no Shitake ao Porto

Batalhei um tempo nessa receita para chegar no ponto que eu queria. Além de um sabor interessante a farinha de shitake faz o prato ser diferente. Fica excelente se o filé estiver mal passado, já que a farinha de shitake da a impressão que a carne queimou, quando cortada o interior está bem vermelho.


Tornedos Empanados no Shitake ao Porto

6 Tornedos de filé mignon
50g de Shitake desidratado
Sal
Pimenta do Reino
2 xícaras de vinho do porto
1 cálice de licor creme de cassis
Suco de uma laranja
1 xícara de Demi-Glacê
Azeite
Ceboulette para decorar
  • Pre-aqueça um forno a 100o, disponha os shitakes em uma assadeira e leve ao forno por 35 minutos.
  • Coloque o shitake em um processador e bata até virar uma farinha fina.
  • Tempere os tornedos com sal e pimenta e empane-os com a farinha de shitake. Leve a geladeira por uma hora.
  • Em uma frigideira anti-aderente, aqueça um fio de azeite e doure os tornedos empanados 3 minutos de cada lado. O shitake dará a impressão que a carne está queimada, porém por dentro estará mal passada. Caso queira uma carne bem passada ou ao ponto pra bem leve ao forno (180o) entre 10 e 15 minutos.
  • Deglace a frigideira dos tornedos com o vinho do porto e com o creme de cassis por 2 minutos, adicione o suco de laranja e o Demi-glacê, misture bem e deixe reduzir à metade.
  • sirva os tornedos sobre o molho de vinho do porto e decore com ceboulette.
OBS.: O ideal é fazer o seu próprio demi-glacê, porém podem ser usadas as bases de demi-glacê ou molho escuro disponíveis no mercado (é aconselhável re-aromatizá-lo).

5 comentários:

César Frey disse...

Muito bom esse teu blog!!!
Eu achei por acaso procurando algumas tecnicas e receitas no google, mas gostei das tuas receitas!!
Aquela do morango com calda de balsamico e pimenta do reito eu vou ter que experimentar!!
Na verdade so vi algumas de fevereiro, agora que abri teu blog em outra janela vi que tem muito mais. Mas esta tarde e amanha eu olho o resto.
E vendo essa da calda de balsamico, me lembrei de uma que voce talvez goste. É uma geléia de pimenta com vinagre balsamico. Muito boa!
Receita do Chef Alexandre Bressanelli, de Curitiba, que inclusive ja trabalhou com o Alex Atala.

1kg pimenta dedo de moça (cozida)
1kg açucar cristal
1L vinagre balsamico

Primeiro vc pega uma panela com bastante agua e cozinha as pimentas (inteiras, frescas) 7 vezes. Ferver 5 min cada vez.
Depois corte as 2 pontas de cada pimenta. Entao tire as peles e as sementes.
Pese as pimentas e utilize a mesma proporçao para a medida do açucar.
Cozinhe as pimentas com o açucar e o vinagre balsamico ate obter o ponto de geleia (numa panela de inox, nunca aluminio!).

Espero que goste!!
Um abraço e continue postando!

Floppy disse...

olá :)

Tens alguma receita de tomates recheados sem carne?

Mais um desafio...

Beijs

RC disse...

César,

Que bom que você gostou do Blog, fique a vontade para experimentar as receitas e deixar suas dicas por aqui. Essa receita que você passou parece ser muito interessante, eu já havia cruzado com ela em algum lugar... mas na época não me interessou, e é por isso que acho que culinária é coisa de momento. Quando li a receita hoje ela já despertou meu interesse... vou testar este fim de semana!

Muito obrigado pelo comentário e visite sempre!

Abraços

RC disse...

Floppy,

Tenho algum livro que tem uma receita nestes moldes, só não vou conseguir lembrar de cabeça e não me lembro de ter inventado algo seguindo o que você quer, vou pensar em algo e publico em um futuro bem próximo.

beijinhos

Marcia disse...

Olá! cheguei aqui procurando novas maneiras de fazer shitake, mas não esperava encontrar algo tão diferente. Mas vou guardar a idéia e experimentar, deu água na boca.